A passagem da Educação Infantil para o Ensino Fundamental deve ser feita com tranquilidade e com o apoio da família e dos professores. Esses devem respeitar o tempo da criança, compreendendo as necessidades desta etapa de vida.

Neste período, as crianças já passaram pela Educação Infantil e construíram inúmeros conhecimentos sobre o espaço escolar.

Contudo, ainda enfrentarão outros desafios: ampliação dos grupos de convivência, horários menos flexíveis, mais tarefas, sistematização dos conteúdos, melhor organização das atividades, maior compreensão das regras sociais e institucionais, etc.

Assim, a escola intensifica atividades nas quais os alunos possam desenvolver tais habilidades, como: competências para trabalhar em grupos; autonomia para realizar as atividades e se concentrar; estratégias de convivência pacífica; competência nas linguagens oral, escrita e matemática. Além disso, diferentes atividades devem promover a capacidade de expor opiniões, de explicar fatos e conceitos, de argumentar e defender um ponto de vista.